segunda-feira, 16 de junho de 2008

Nós-lobisomens

NATURALISMO


'Eu-interior' ou 'A perna do Bissoli'
.
Naturalismo é a radicalização do Realismo (1880). Essa nova escola literária baseava-se na observação fiel da realidade e na experiência, mostrando que o indivíduo é determinado pelo ambiente e pela hereditariedade.
A influência de Darwin e de correntes deterministas é marcante na máxima naturalista segundo a qual o homem é um animal (zoomorfização), que deixa se levar pelos instintos naturais, que não podem ser reprimidos pela moral da classe dominante.
É como se a Lua-cheia iluminasse a Literatura e o homem passasse a enxergar-se no espelho como um ser feito de carne e osso, deixando sair de si o animal cheio de vontades e defeitos que praticamente não pensa para agir. Cada um de nós guarda um Lobisomem dentro de si, à espera dessa Lua que, como na maior parte dos casos, pode vir a nunca chegar!
.
.
"Mistérios da meia-noite
Que voam longe
Que você nunca
não sabe nunca
Se vão se ficam
Quem vai quem foi
Impérios de um lobisomem
Que fosse um homem
De uma menina tão desgarrada
Desamparada se apaixonou
Naquele mesmo tempo
No mesmo povoado se entregou
Ao seu amor porque
Não quis ficar como os beatos
Nem mesmo entre Deus ou o capeta
Que viveu na feira"
(Mistérios da meia-noite/Zé Ramalho)
.
Aonde os teus instintos te levariam?
Quais são os teus mistérios da meia-noite?

Um comentário:

Geruza Zelnys de Almeida disse...

nem te conto por quais cantos obscuros do mim andam meus mistérios de meia-noite...
sei que eles afiam as garras e cavam...

quanto a perna de bissoli, meu deus: Q HORROR!